Entrevista a Fernando Rodrigues

Fernando Rodrigues

Nome: Fernando Rodrigues
Há quanto tempo trabalha como técnico de som em eventos?
25 anos
Tipo de Eventos prefere e porquê? Live, corporate, grandes eventos, pequenos eventos, etc?
Live e Grandes Eventos, porque permite executar projetos únicos e de grandes dimensões e como técnicos temos o desafio pessoal de estar ao mais alto nível porque colaboras com profissionais de todas as nacionalidades e ai sim tens de estar a altura.
Há quanto tempo conhece a Santosom?
Conheci a Santosom antes dela existir oficialmente, ainda trabalhava na CVA e o meu amigo Pedro Santos falou-me que ia abrir com os dois irmãos o Nuno e o Telmo uma Empresa de fabrico de ideias customizadas ao que lhe perguntei "o que são para ti ideias customizadas?" ao que me respondeu "Flight Cases" 
Conte-nos uma história engraçada com flight cases?
Durante mais de metade da minha vida trabalhei com Flight Cases e desde: dormir dentro de flight cases de mesas (analógicas) usar flight cases como cacifo pessoal, usar flight cases como mesa de jantar, como cadeira, sofá e tudo mais apos conversa com o Telmo falei-lhe da case que eu tinha convertido em cadeira com uns apoios nas costas algo muito rudimentar mas o Telmo ouviu a historia e da historia retirou a ideia, ideia essa que se tornou num produto da Santosom o sofá para eventos que esta constantemente a aparecer nas entrevistas televisivas nos maiores festivais nacionais, a isto chamo uma historia engraçada mas de sucesso;)
Como tem sido a sua relação com a Santosom?
A minha relação com a Santosom sempre foi muito próxima e tenho o apoio deles a 100% em todas a ideias que vou tendo por mais loucas que sejam, sempre posso contar com eles no outro lado da ideia que é o desenho, conceção e execução.
Fernando Rodrigues Flight Case 
Já teve necessidade de algum pedido especial?
Recentemente estive envolvido numa Tour e dois Festivais de grandes dimensões onde fui o Sound Designer e System Tech para a PRG, e necessitava de uma case customizada para todo o meu equipamento de medição e calibração de forma a se tornar num sistema que apenas necessitava de conectar alguns cabos abrir duas ou três tampas e já esta tudo pronto a usar e desta forma permitir que eu me deslocasse de palco em palco para ajustar e calibrar os sistema de PA sem ter de arrumar tudo dentro da mochila e Peli case e demorar 30 minutos a montar tudo e mais 30 minutos a guardar tudo de novo, isto com 3x palcos no final de cada dia são 3x Horas que poupei e será escusado dizer que todos, os técnicos que viam o meu sistema de calibração ficavam boquiabertos porque nunca tinha visto nada igual e a pergunta era sempre a mesma onde compraste essa case existe com varias medidas, ao que imediatamente respondia com esta empresa é tudo customizado.
Obrigado Santosom pelas longas horas pós-laborais que permitiram em poucos dias tornar realidade uma ideia que tive a dois anos, mas acabei por nunca ir para a frente, mas graças ao Telmo se tornou realidade num abrir e fechar olhos.   
a
Defina a Santosom enquanto empresa:
A Santosom para mim é mais do que uma mera empresa é um parceiro de estrada que tem vindo a acompanhar os seus clientes a duas décadas.
Qual o evento em que trabalhou e mais apreciou as cases da Santosom?
Terei de dizer que não foi num evento, mas sim durante praticamente três meses em Espanha a trabalhar na Tour do Alejandro Sanz, Download e Madcool Festival onde todas as minhas coisas tinha de viajar nos trailers junto com todo o sistema e era a case do Santosom que servia de cacifo, mala de ferramentas, roupeiro, etc
Acabou por ser a minha “Casa” em Espanha durante estes três meses.
a

Artigo anterior Muito obrigado Gary!